Noni, mito e verdade desta fruta exótica da Ásia

    No início desse século, os especialistas em naturopatia começaram uma carreira irrestrita com o noni, uma fruta exótica muito consumida pelo povo da Polinésia.

    No Brasil, essa fruta ficou conhecida por meio de uma empresa estrangeira que entrou no nosso mercado e vendeu um suco de altíssimo valor para a realidade brasileira.

     

    Como o noni tinha uma promessa de curar diversas doenças, e também se espalharam milhares de promotores, muita gente via nesta fruta além dos benefícios medicinais, também uma oportunidade de faturar muito. Aqui no Rio Grande do Norte, estado onde moro, algumas pessoas até compraram lotes de terras com o objetivo de plantar noni em série para poder vender.

     

    Na verdade, há muitas pesquisas que sugerem uma série de benefícios à saúde para usuários de noni. Porém, chamo a atenção para alguns cuidados ao consumi-lo. Isso porque outras pesquisas alertam que frutas exóticas são muito venenosas e que consumi-las em grandes quantidades pode causar danos ao fígado.

     

    Uso do noni deve ser com parcimônia

    Mito e verdade do Noni e a saúde

     

    Ao meu ver, e como venho chamando a atenção para outras frutas, o noni tem bastante benefício, mas seu uso deve ser com cautela. Porque se um ingrediente ativo for consumido em grandes quantidades, pode sobrecarregar um determinado órgão do corpo humano.

     

    Formação em Homeopatia

     

    Isso não é novidade quando você considera que até a água em si, embora seja ótima para o corpo, também pode causar danos se consumida em excesso. Então, chamo a atenção para que tenham cuidado. Evitem o modismo. Antes de consumir algum produto, pesquise fontes variadas. Observem quem está por trás das informações.

     

    Lembre-se que o Brasil é o país com a flora mais rica do mundo. Fora das áreas metropolitanas, o ambiente é muito favorável ao desenvolvimento de hortaliças com propriedades naturais muito ricas. Sol em abundância, solo riquíssimo, e muita água e escassez contribuem para que os vegetais produzam propriedades naturais excelentes para a saúde.

     

    Neurocientista entende que ambiente hostil propicia rearranjos celulares

    Neurocientista analisa o poder medicinal da flora nordestina

    Como exemplo, o neurocientista Miguel Nicolelis esclareceu que a vida hostil na caatinga nordestina contribuiu para que alguns vegetais produzissem substâncias ativas ímpares no mundo. Exemplo disso é o Angico, cujo óleo natural é ótimo para a saúde de todas as pessoas, indiferente da idade.

     

    Neste caso, para não serem extintas, estas plantas desenvolveram rearranjos celulares e com eles princípios ativos poderosos. Pela teoria científica, deva ser o que aconteceu com o argan, no Marrocos, o mesmo do angico no sertão potiguar. A foto ao lado é do perfil pessoal de Nicolelis.

     

    Mas e os girassóis que são ricos em vitamina A,  E, e D, cujo óleo natural é amplamente usado em hospitais para cicatrização de ferimentos. Ou então do poder do óleo de abacate, andiroba, copaíba, andiroba?

     

    Diferente do noni, que tem um cheiro muito desagradável, não sendo nada ideal para o consumo, frutas com manga, graviola, pinha, cajá, caju, além de ótimos alimentos, ainda são alimentos funcionais.

     

    Não estou querendo dizer que o noni seja ruim. Pelo contrário, pesquisas afirmam muito bom. Entre elas está uma que foi feita na França onde mais de 15 mil pessoas foram submetidas ao consumo do fruto e no final, 78% tiveram resultados satisfatórios.

     

    É importante notar, no entanto, que o noni não é uma fruta ideal para o consumir todos os dias. Mas, sim, com cautela e com objetivos. O lado positivo do noni é que ele produz o alcalóide xeronina, mesmo que você não seja um terapeuta em fitoterapia, acredito que entenderá, que também existe em todas as células de seres vivos.

     

    Xeronina as enzimas catalisadoras do organismo humano

     

    A função da xeronina é ativar as enzimas catalisadoras. Estas enzimas expulsam do organismo outras enzimas indesejadas e com isto melhoram a absorção das proteínas benéficas a saúde humana. Então, a xeronina faz uma limpeza intracelular, e com isto melhora o organismo humano como um todo.

     

    Desta forma, ao melhorar o organismo como todo, reforça o sistema imunológico, e com isso combate o surgimento de diversos males. Por outro lado, é bom lembrar que o reforço deste sistema imunológico só é possível com outros cuidados diários, como um bom sono, exercícios físicos e ar puro, muito similar às receitas para secar em 30 dias.

     

    Daí você verifica como o noni é uma fruta potente. Da mesma forma, estudos tendem a apontar exatamente aí os efeitos colaterais do uso indiscriminado do noni, mas com parcimônia . Ou seja, a intoxicação do organismo, através de uma sobrecarga do fígado e rins. Mas, além disso, como pode ser visto, ele tem sim, muitos benefícios.

     

    O conselho que deixo é que use o noni com parcimônia. Evitem o uso indiscriminado, conheça tudo sobre os alimentos com esse curso rápido chamado Terapeuta em Trofologia.

    Eu mesmo tomo, uma vez na semana. Também lembro que existem outros artigos e vídeos que contribuem para melhor entender este artigo. Entre eles, entender o que seja sistema imunológico, o que são proteínas, vitaminas e enzimas, como acontece a alimentação celular.

     

    Alguns trechos desse artigo foi pego desse site http://tupiprodutosnaturais.blogspot.com/